Header

Fé nas pistas! Grupo cristão une corridas de kart e Deus.

Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

Criada em 2004, ASSEKA organiza campeonatos de kart amador unindo os preceitos da fé cristã.

Para algumas pessoas pode ser difícil ver a relação entre Deus e andar de kart, mas não para Bruno Escarim. Entusiasta do automobilismo e cristão, Bruno conseguiu juntar a atividade pela qual é apaixonado e sua vontade de falar de Deus e criou, em 2004, a ASSEKA, Associação Evangélica de Kart Amador, na cidade de São Paulo.

Bruno contou que era fã do esporte desde criança, e, após sua conversão, sentiu vontade de falar de Deus para as pessoas. Depois de conversar bastante com sua esposa, que contribuiu muito, veio a ideia.

Em 2004, eu fundei a ASSEKA, um grupo de pessoas que gostam de kart e que se reúnem para participar de uma campeonato. É mensal, nos reunimos uma vez por mês. Até hoje tem sido assim, a gente se reúne para andar de kart, para falar de Deus, para se divertir – explica.

Em seu site, a ASSEKA define seu propósito como sendo o de “organizar eventos automobilísticos unindo os preceitos da fé cristã em forma de conduta esportiva de extremo respeito”. Bruno Escariam explica que qualquer pessoa pode participar do campeonato, caso queira; mas que para isso é preciso se inscrever no site e pagar as taxas que servem para cobrir o aluguel do kart e manter o site da organização, além de custear os troféus e a premiação após cada corrida.

Para aqueles que sentem dúvidas por não ter experiência com o esporte, Bruno relata que não é necessário ser piloto ou ter andando em um kart antes. A única coisa necessária é seguir o ideal do grupo, que é ter interesse no assunto e estar lá para se divertir.

Chega no dia da corrida, é sentar no kart e acelerar. Não precisa ter equipamento nem nada. É tudo alugado. É bem tranquilo, um clima bem amistoso – ressalta.

Cada corrida do campeonato acontece uma vez por mês, geralmente aos sábados. É um campeonato de pontos corridos com 10 circuitos no total, sendo que há uma premiação após cada uma das fases. Além dos pilotos, há também uma competição entre equipes. Em média são 40 a 50 pessoas envolvidas em cada uma das fases da competição.

O fundador da ASSEKA também explica que, mesmo sendo um grupo evangélico, não é preciso ser adepto para participar do campeonato, já que o kart é mais um “pretexto” para as reuniões do grupo. Bruno diz ainda que a associação promove os valores cristãos de ser aberto às diferenças ao “abraçar qualquer pessoas, qualquer crença e passar aqueles princípios que a gente acredita”.

Como não é um grupo fechado para evangélicos, pode participar qualquer pessoa que quiser. Já tivemos espíritas, umbandistas, ateus. Claro, a maioria acaba sendo de cristãos, mas não somos um grupo fechado, pelo contrário, somos bem inclusivos. Queremos pessoas de qualquer crença ou qualquer opinião – destaca.

Outro ponto do grupo em que acontece a união da fé com as corridas de kart é antes dos pilotos entrarem nos veículos. Bruno Escarim explica que sempre realiza um estudo bíblico e uma oração com as pessoas antes de cada uma das etapas.

Antes de cada corrida eu faço uma reunião com os pilotos, de mais ou menos meia hora. Além das coisas técnicas, parte da reunião é dedicada a um estudo bíblico. A gente separa um versículo, estuda, faz uma espécie de devocional. A gente também faz uma oração antes das corridas – afirma.

As corridas da ASSEKA acontecem sempre na região metropolitana de São Paulo. O grupo já tentou realizar uma fase no interior, mas por questão de locomoção, acabou não dando muito certo. Também já chegaram a cogitar uma competição no Canadá, mas essa acabou por ficar só nas discussões. Bruno acrescentou que, com a equipe que ele possui, não dá para realizar a competição em outros estados, mas que a ideia seria boa.

Seria ótimo! Se alguém tiver interesse, seria legal ter a ASSEKA em outros estados e fazer o grupo perdurar por mais anos – conclui.

FONTE: www.pleno.news

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Veja também

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1